domenica 25 ottobre 2015

Portugal, a nova Atlântida (dos pensionistas)

Os jornais italianos utimamente falam de Portugal com um Eldorado para os pensionistas: efectivamente os reformados da minha nação podem aproveitar os benefícios fiscais graças a acordos bilaterais entre os dois países (é o mesmo para os franceses).

Um novo mito está a crescer entre os nossos velhinhos. No outro dia ouvi dois reformados falar de Portugal em termos elogiosos (mesmo que nunca lá estiveram); um deles disse: Os peixes em Portugal são menos dispendiosas, eles têm à disposição todo o oceano Atlântico, e o outro respondeu: Sim, o Atlântico é imenso, não como o mar Mediterrâneo que é apenas um pequeno lago.

Na verdade, na Itália já estamos fartos de cultura mediterrânica: neste momento o Mediterrâneo é uma bagunça; no imaginário colectivo é como se fosse inteiramente nas mãos dos traficantes de seres humanos. Até os velhinhos reclamam um horizonte mais amplo; ao invés, nós jovens já desistimos.

Nessun commento:

Posta un commento

Nota. Solo i membri di questo blog possono postare un commento.